Milhares de brasileiras sofrem com a endometriose. Conhecida como doença da mulher moderna, consiste na presença de endométrio (tecido que reveste internamente o útero) fora da cavidade uterina, atingindo e prejudicando ovários, intestinos e outras regiões do organismo.

Muitas vezes de díficil diagnóstico, a endometriose provoca cólicas fortes, dores no fundo da vagina durante as relações sexuais, alterações intestinais e urinárias no período da menstruação e, em casos mais extremos, a infertilidade.

Para encontrar maneiras de manter essa doença longe – já que é incurável, pesquisadores americanos afirmam que o leite e seus derivados, como queijo e iogurte, por exemplo, têm uma importante participação na redução dos riscos da endometriose.

O estudo analisou informações de 40 mil mulheres na pré-menopausa, reunidas ao longo de 20 anos. As voluntárias que ingeriram maior quantidade de laticínios apresentaram uma probabilidade 20% menor de desenvolver o problema.

Embora seja essencial para a manutenção de nossa imunidade e para o bom funcionamento do organismo, nada é benéfico em excesso, por isso, procure o seu nutricionista para uma alimentação balanceada e sem exageros.