Endometriomas

A consequência da endometriose ovariana desencadeia os endometriomas, que se formam a partir de pequenas células do endométrio que se desprendem do útero e se fixam no ovário, formando pequenos cistos na parede externa do ovário.

Estes cistos respondem ao estímulo hormonal durante o ciclo menstrual e crescem produzindo vários pequenos cistos que podem ocupar e até mesmo substituir o tecido ovariano normal. Estes endometriomas são preenchidos por um líquido semelhante a chocolate derretido, razão pela qual são conhecidos como “Cistos de Chocolate”.

Quando este cisto se rompe, o seu conteúdo se espalha pela pelve e na superfície do útero, bexiga e intestino podendo causar aderências entre estes órgãos e no espaço entre eles, além de forte dor pélvica.

Procure o seu ginecologista.

Você conhece a Acupressão?

Ela é uma técnica milenar alternativa que pode ser praticada para aliviar a dor de cabeça, a cólica menstrual e outras dores que surgem no dia-a-dia.

Esta técnica tal como a acupuntura, tem origem na medicina tradicional chinesa e pode ser utilizada para atenuar as dores indesejáveis da endometriose sem a necessidade de usar remédios.

Por meio da compressão de diferentes pontos do corpo, pressionando os pontos onde se localiza a dor, este ponto (no caso para dores da endometriose) encontra-se no interior da perna, cerca de 5 centímetros acima do tornozelo, massageando-o por 1 minuto até a ponta do polegar ficar branca.

Inchaço durante a gravidez necessita atenção?

Embora seja natural, o inchaço durante a gravidez necessita de vigília e atenção, no entanto, os edemas ao final da gestão são bem mais comuns, isso porque o útero comprime as vias abdominais ocasionando a retenção de líquidos e, geralmente, se traduzem no inchaços das pernas e dos pés.18

Para amenizar o incômodo, existem algumas técnicas que podem ser adotadas.

– Evite ficar de pé por muito tempo e, ao sentar, procure deixar as pernas elevadas.

– Mulheres que trabalham grande parte do tempo sentadas devem optar por meias elásticas e, periodicamente, levantar e fazer algum tipo de alongamento corporal.

– Deixe os sapatos apertados no guarda-roupas; eles potencializam ainda mais o inchaço.

– Adote a água como companheira diária e ingira bastante líquidos.